PORTUGAL NO TECTO DO MUNDO

Por estranho que hoje possa parecer, a verdade é que antigamente era bem mais fácil desbravar mundo por mar do que por terra. Portugal é disso exemplo. Isto porque ainda na primeira década do século XX era bem mais fácil – senão mesmo mais rápido – viajar a bordo do vapor que fazia a carreira entre Lisboa e Porto do que pôr o pé no estribo da diligência que, desde não muito antes, tinha começado a perfazer, aos solavancos e por etapas, os trezentos e tal quilómetros que separam a capital de Portugal da sua segunda cidade.