“China Races” de Austin Coates

Todos temos na memória aquelas encenações medievais que se fazem em Itália recreando as corridas de cavalos do renascimento. Uma parafernália de cores e sons, junto das catedrais das cidades estado com os jockeys vestidos a rigor, ostentando os brasões das famílias a que pertenciam, enquanto escravos criados e estribeiros fardados a rigor seguram os equídeos ataviados luxuosamente.

Rashomon

Num dos grandes clássicos da literatura moderna japonesa, “Discurso sobre Decadência” de Ango Sakaguchi (1906-1955), – ou Sakaguchi Ango, seguindo a ordem original, com o sobrenome primeiro, como prefiro escrever - encontra-se um ensaio sobre a terra natal da literatura, isto é, a literatura na sua forma mais primitiva, mais curta e mais directa.

José Vicente Jorge – Macaense Ilustre

Vicente Jorge merecia que o arrancassem do circunscrito anonimato semifamiliar em que tem permanecido desde o seu desaparecimento desta vida em 1948. E quem o arrancou desse semianonimato foram precisamente Graça Pacheco Jorge e Pedro Barreiros, os netos do biografado, que não são escritores, mas que retratam aqui não só o avô mas metade de um século da vida de Macau.

A China de Eça

Foi pouco depois de chegar a Macau, em 2010, e de voltar a ler O Mandarim de Eça de Queiroz, que formulei esta pergunta antes inexistente na minha cabeça de leitor: por que decidira Eça escrever uma novela como aquela, situada em ambientes que desconhecia e que, por isso, não eram território preferencial da ficção de um homem que produziu e muito sobre o seu tempo mas também sobre o seu espaço, sobre os lugares que verdadeiramente experienciara e tomara como parte da sua vida?

A Single Swallow

A Single Swallow (“Lao Yan” em chinês) é um romance da escritora Zhang Ling, que aborda a relação de uma mulher com três homens no contexto da Guerra da Resistência contra o Japão. Embora a história se passe durante a guerra, a autora não descreve muito esse momento, concentrando antes a escrita nas consequências do conflito na vida das pessoas comuns para revelar a crueldade, a distorção da humanidade.