Ljungstedt e a primeira história de Macau

Na bibliografia de Macau há uma lacuna importante. Falta uma história de Macau, digamos, abrangente. E digo isto, porque o que se tem publicado sobre o assunto não passa quanto muito de trabalhos de maior ou menor fôlego, mas sempre parciais, já que mal referem o papel que outras comunidades para além da portuguesa, por aqui tiveram

A Alma de Macau – recordar a história

A Alma de Macau, ou A Alma do Mar de Espelho, texto dramático de autoria de Mok Ian Ian, escritor de Macau, apresenta-nos uma história de Macau que divide opiniões. Sendo esta uma história sobre o assassinato de João Maria Ferreira do Amaral, que ocorreu em Macau, em 1849, a obra trata um tema que não é facilmente abordado. Ferreira do Amaral era, por um lado, visto como opressor pela população chinesa e, por outro lado, considerado herói na sua época em Portugal, pelos êxitos que alcançou nas colónias portuguesas.