Diários de Guo Yuan: Entre duas casas

Sem dar por isso, já vivo em Portugal há quase cinco anos. Dois anos de estudo mais três de trabalho permitiram-me conhecer melhor o país e parece-me um bom momento para reflectir sobre os principais aspectos que me fizeram vir e fazer deste país a minha segunda casa.