“China Races” de Austin Coates

Todos temos na memória aquelas encenações medievais que se fazem em Itália recreando as corridas de cavalos do renascimento. Uma parafernália de cores e sons, junto das catedrais das cidades estado com os jockeys vestidos a rigor, ostentando os brasões das famílias a que pertenciam, enquanto escravos criados e estribeiros fardados a rigor seguram os equídeos ataviados luxuosamente.