Do alto de Xining

No avião, já perto de Xining. A cidade a poucos metros, pontos néon, ornatos vermelhos, de outras cores, e as estradas iluminadas, os carros ainda minúsculos, ainda na rua, e uma torre a aproximar-se da noite. Apanho um táxi para o hotel, ponho-me a caminho de casa.