Série caracteres: 手 (mão)

Há caracteres que são mais expressivos do que outros. 手 shǒu, que significa “mão”, não é tão evidente na sugestão do seu significado. Na sua versão mais antiga, o desenho deste carácter sugeria uma árvore ramificada, em que o tronco representava a parte do braço junto à mão, ao passo que os ramos imitavam os dedos. Na versão actual, os ramos deram lugar a três linhas horizontais, que alguns relacionam com as linhas da palma da mão.

Série caracteres: 见/見 (ver)

Antes de mais há que referir que este carácter se escreve de maneira diferente na escrita simplificada (见) e na tradicional (見). Conservou-se melhor a simbologia do carácter na versão tradicional do que na simplificada, uma vez que este último consiste, como o nome indica, na utilização de menos traços para desenhar o mesmo carácter.

Série caracteres: 目 (olho)

Na escrita mais antiga 目 mù reproduzia o desenho aproximado de um olho. O seu formato era horizontal e composto por traços arredondados, com o desenho da íris no interior. Depois passou a ser vertical e as formas tornaram-se angulares. Por isso, nos dias de hoje a memorização deste carácter exige alguma imaginação, apesar de, em rigor, se tratar de um pictograma.

Série caracteres: 口 (boca)

Iniciamos agora a segunda série de caracteres chineses, relacionada com as diferentes partes e órgãos do corpo humano. O carácter 口 (kǒu) significa “boca” ou “abertura”. Nas suas formas mais antigas o carácter teve um desenho mais arredondado ou mais alongado, ao passo que na sua versão presente é um quadrado.

Sistemas de romanização/transliteração da língua chinesa

Nesta série de textos sobre os caracteres chineses utilizamos dois tipos de romanização. A romanização segundo o sistema pinyin, a partir do mandarim, que, na actualidade, é praticamente a única utilizada para o Putonghua (普通话), isto é, o mandarim. A ele juntamos três sistemas de romanização do dialecto cantonense: o sistema Yale, que tem sido … Continue a ler Sistemas de romanização/transliteração da língua chinesa