Feminismo chinês na Flip

O feminismo na China é um dos temas que vai estar este ano em debate na Festa Literária Internacional de Paraty (Flip). Através de dois bordados, Fernanda Ramone vai tecer a trajectória de “um movimento de vanguarda muito à frente do seu tempo”.

chine_fb

Catarina Domingues

Fernanda Ramone deixou Pequim há cinco anos e regressou a casa. Mas no Brasil voltou à China. Dedica-se, diz, a este ofício de tradução cultural entre um país e outro. A sessão “Fios de Revolta: Feminino chinês com bordado”, que vai apresentar amanhã, na 16.ª edição da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), dá corpo a essa mesma missão.
Através de dois bordados, a investigadora vai traçar a história do feminismo naquele país asiático. “Trata-se do tecer os fios que perpassam e compõem a China Feminina”, começa por explicar ao EXTRAMUROS.
Mas porquê o bordado? “Voltei ao Brasil e na época estava terminando de fazer a tradução de um livro sobre bordado, uma arte milenar chinesa”, salienta Fernanda Ramone, referindo ainda que foi através de um workshop de bordado em São Paulo que procurou “tecer novas possibilidades de amizades” no Brasil.
Fundadora do FestYin, evento artístico ligado à China feminina, a investigadora salienta que o “feminismo chinês sempre foi um movimento de vanguarda muito à frente do seu tempo”: “As anarcofeministas chinesas desempenharam um papel importante no processo e no período do declínio da última dinastia, a Qing, até à formação da Republica Popular”, conta.
Fernanda Ramone, com formação em Relações Internacionais, chegou à China em 2004 para trabalhar na Câmara de Comércio sino-brasileira em Pequim, onde desenvolveu acções de investigação, consultoria e jornalismo. Fluente em mandarim, fundou na capital chinesa o DocBrazil, festival de documentários brasileiros na China.

Dar voz às editoras independentes
workshop de Fernanda Ramone vai decorrer na nova secção FlipEI, a Festa Literária Pirata das Editoras Independentes. Pela primeira vez na história do evento de Paraty vão realizar-se palestras a bordo de uma embarcação. A organização é da Autonomia Literária e conta com a participação de doze editoras, entre elas Elefante, Dublinense, Lote 42 e Nós.
“A proposta e a importância da FlipEi é de reunir editoras e publicações independentes num dos festivais literários mais importantes no Brasil”, vinca Fernanda Ramone.
A FlipEI inclui o lançamento de obras e sessões dedicadas a diversos temas, que vão da literatura, à política e economia. O painel “Rio colapsado: intervenção para quê?” vai contar com a presença de Anielle Franco, irmã de Marielle Franco, vereadora e crítica da actuação das forças polícias no Brasil, que foi assassinada em Março deste ano no Rio de Janeiro.

Homenagem a Hilda Hilst
A 16.ª edição da Flip decorre este ano entre 25 e 29 de Julho e conta com 33 convidados brasileiros e estrangeiros, três dos quais portugueses: as escritoras Isabela Figueiredo e Maria Teresa Horta, e o director de som Vasco Pimentel.
O mestre do conto Sérgio Sant’Anna, o tradutor literário e escritor Gustavo Pacheco e as poetisas Júlia de Carvalho Hansen e Laura Erber são quatro dos nomes brasileiros presentes neste encontro. Entre os destaques deste ano está ainda o norte-americano Colson Whitehead, vencedor do Prémio Pulitzer de ficção com o romance “A Estrada Subterrânea”, a franco-marroquina Leila Slimani, que venceu o Prémio Goncourt com “Canção Doce” e o franco-congolês Alain Mabanckou, finalista do Prémio Man Booker Internacional.
Hilda Hilst é este ano a autora brasileira homenageada na Flip. Hilda de Almeida Prado Hilst (1930-2004) escreveu poesia, ficção, teatro, crónica e tocou em temas como o sexo, o amor, a morte, Deus e a transcendência da alma.
Nesta edição de 2018, surgem ainda novos formatos. Além das conversas entre autores e um moderador, vão realizar-se sessões com um autor e dois entrevistadores. Trata-se de uma forma de “explorar diferentes aspectos da obra dos autores”, de acordo com a organização.

Aqui para saber mais sobre a FLIP.

Flipei-programação-WEB

Programação FlipEi

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s