Os onze caracteres baseados na figura humana

Luís Ortet

A primeira série de caracteres que acabámos de analisar tem a ver com representações gráficas, mais ou menos estilizadas, da figura humana, incluindo a do ser humano em geral (人), da mulher (女), da criança (子), do adjectivo “grande” (大), que tem como referência um homem adulto, de braços abertos, etc. Todos estes caracteres estão classificados entre os “mais frequentes” da língua chinesa, entrando na composição de muitas “palavras” (cí 词) que são formadas pela justaposição de dois ou mais “caracteres” (zì 字).

homem

Carácter (rén), que significa “homem” (ser humano)   Ilustração de Rui Rasquinho.

Cada carácter chinês desempenha na composição das palavras uma função semelhante, conforme os casos, às letras, às sílabas, aos radicais, aos prefixos e aos sufixos que entram na formação das palavras da língua portuguesa. Mas há que ter em conta que, em alguns casos, um único carácter isolado da língua chinesa pode funcionar como uma palavra.
A combinação dos caracteres dà 大 e rén 人 forma a palavra dàrén 大人, que significa “adulto”, embora esta não seja a expressão chinesa mais comummente utilizada para significar “adulto”.
Além disso, o carácter dà 大 entra na composição de diversas palavras de uso corrente, como por exemplo “universidade” dàxué 大学 (que combina “grande” 大 com “ensino” ou “escola” 学) e “escola primária”, xiǎoxué 小学 (“pequeno” 小 + “ensino” ou “escola” 学). Uma nota para os falantes de cantonês: “universidade” pronuncia-se “tai hoc” e “escola primária” diz-se “siu hoc”. Em Macau, Hong Kong e Taiwan o carácter “hoc” (isto é, “xue”) escreve-se segundo a sua grafia tradicional, não simplificada: 學.
Imperador diz-se huángdì 皇帝. Mas há uma outra expressão também utilizada para dizer “imperador”, embora num contexto mais honorífico e filosófico: tiānzǐ 天子 (“Filho do Céu”), que combina mais dois dos primeiros onze caracteres que abordámos nesta secção: tiān 天 e zǐ 子. Está relacionado com o conceito do chamado “Mandato do Céu” (tiānmìng天命) evocado pelos monarcas da dinastia Zhou (cerca de 1046 a.C. a 256 a.C.) para legitimarem o derrube da dinastia precedente, a dinastia Shang, por eles perpetrada.
A palavra nǚrén 女人 igualmente combina outros dois dos onze caracteres desta primeira série: quer dizer “mulher”, isto é, um “ser humano do sexo feminino”.
E por falar em mulheres, existe a expressão tàitai 太太, muito utilizada no Sul da China, para significar “esposa” ou “senhora”, e que se segue ao apelido do marido. Lǐ tàitai 李太太 significa a “Senhora Li”.
O grande “mistério” neste caso consiste em tentar perceber por que razão os nossos amigos chineses escolheram o carácter tài 太, ainda por cima em duplicado, algo parecido com “excessivamente excessivo”, para significar “Senhora”.
Assunto que deixamos em aberto, para deleite mais que provável de alguns nánrén 男人 mais radicais…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s