Rota das Letras: Versos de um crítico de poesia (com vídeo)

Vídeo: Catarina Domingues

Em Macau, onde participou no festival literário Rota das Letras, o poeta e crítico de poesia Tang Xiaodu leu um dos poemas que escreveu nos anos 1990.

Nota: Nesta leitura, o poeta retirou um verso ao poema original, que decidimos manter nas legendas, com base na tradução para o inglês de W. N. Herbert.

无题

递你一支烟
连同我的臂膀
连同火竖在我掌心的波浪
燃烧的唇线比黑暗更锋利
——我刚想开口
夜已被隐隐灼伤

警灯闪亮
谁会把一生叼在嘴上
呼——吸——呼——吸
呼吸 呼吸 呼吸
呼吸呼吸呼吸呼吸
红 更红 再红些
——就这样!必须这样!只能这样!

晨曦微茫
夜在墙角脱下黑色的大氅
远处有雄鸡在试着打鸣
身边有人耳语:光!
呵,更多的光!

而那些吸剩的烟头听不见
它们埋在灰烬里一声不响
苍白 冷淡 深刻
比烟缸更是烟缸

Untitled

All at once you get the offer of
a cigarette, my shoulder
and the figure of this flame, out of my grasp, leaving a trace like a wave
it makes the outline of your lips burn, sharper than the darkness —
I want to open my mouth, tell you
‘It’s not good for women to smoke’
but the night is already very slightly burnt

A police siren flickers
Who’d let his entire life dangle from his lips like this?
in—-hale—-ex—-hale
inhale exhale inhale
exhalinhalexhalinhale
red redder redder still
It’s exactly like this. It has to and could only be like this.

Morning comes, unclear
night takes off its long black coat in a corner by the wall
in the distance roosters are trying to crow
to one side someone whispers, ‘Light!’
sighs, ‘More light!’

But the smoked-down remains of cigarettes can’t hear
buried in the ashes without a sound
colourless cold sunk
If an ashtray can mean something, then they mean something more

Tang Xiaodu1

Tang Xiaodu no Festival Literário de Macau (FOTO: Carlos Gonçalves)

O poeta e crítico de poesia Tang Xiaodu nasceu em Janeiro de 1954 em Yizheng, província de Jiangsu. Editor da Writers Publishing House, Xiaodu é também investigador da Academia de Poesia Chinesa da Universidade de Pequim. Tem publicadas nove compilações de ensaios, incluindo Anthology of Tang Xiaodu’s Poetics Essays e Today is Everyday, e traduzidas obras de vários poetas, como Sylvia Plath, Václav Havel, Czesław Miłosz e Miroslav Holub. Em 2012 recebeu o primeiro Famous Column Prize for Modern and Contemporary Poetics Research do Ministério da Educação e, um ano depois, o prémio de Crítica Literária Contemporânea Chinesa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s